Como usar uma Fritadeira elétrica

A resistência das Fritadeiras elétricas aquece o óleo até à temperatura regulada no termostato.
O funcionamento é assinalado pela luz-piloto. Alguns modelos dispõem também de um temporizador. Existem diversas variantes de equipamento para as fritadeiras elétricas: tampas anti-odores, recipientes filtrantes para eliminar os resíduos, tampas transparentes para o controlo da fritura ou sistemas para sacudir os alimentos sem que seja necessário abrir o aparelho. Também há modelos com uma “zona fria”: situa-se abaixo da resistência e nela a temperatura do óleo é mais baixa. Isso faz com que seja aí, e não nos alimentos, que se acumulam os depósitos da fritura. Estes modelos também são mais fáceis de limpar.

Como usar a fritadeira elétrica

O óleo de fritura degrada-se com facilidade, podendo dar origem à formação de toxinas perigosas para a saúde. Por isso, deve ser regularmente substituído. O número máximo de utilizações varia de acordo com o tipo de óleo e com a natureza dos alimentos cozinhados, mas nunca deve ser superior a 8. Se utilizar o óleo para fritar peixe, croquetes ou outros alimentos do mesmo tipo, esse número baixa para um máximo de 5 utilizações. Sempre que mudar o óleo, aproveite para limpar a fritadeira.

Não acrescente óleo novo ao antigo. Faça uma substituição completa.

Escorra bem os alimentos antes de os fritar: a água acelera a degradação do óleo, faz descer a temperatura da fritura e provoca salpicos de óleo quente. No caso dos alimentos congelados, sacuda bem o cesto antes de o colocar no óleo.

O termostato deve estar regulado para uma temperatura entre 150 e 180° C. Com temperaturas superiores, o óleo degrada-se mais rapidamente. Por sua vez, se a temperatura for (muito) inferior, o tempo de fritura aumenta e os alimentos absorvem mais gordura.

Fritadeira elétrica avariada, causas e possivel solução

O aparelho não aquece
– não há corrente, resistência danificada – verificar se está ligado; se necessário, medir a tensão
, recorra a um técnico

A luz-piloto não acende
– não há corrente
– lâmpada mal enroscada ou fundida
– enroscar ou substituir a lâmpada

funcionamento irregular
– mau contacto na tomada, na ficha, no cabo ou no interruptor, – restabelecer as ligações;
– resistência e/ou termostato danificados substituir eventuais peças danificadas
– recorrer a um técnico


4 comentários

  1. Lucinete Silva Lopes 30 de Março de 2013
  2. Jessica Pires 13 de Abril de 2013
  3. Eliana Diniz 12 de Agosto de 2013
  4. Campelo Zequinha 12 de Agosto de 2013

Adicionar Comentário