Como proteger madeira de interiores e exteriores

Para evitar o apodrecimento e o caruncho, utilize somente madeira tratada para construções sem pintura ou reparações em casa ou no jardim.

Se não conseguir adquirir a madeira já tratada, pode prepará-la em casa com um produto adequado. Estes produtos são, em geral, à base de solventes ou de água e, depois de secos, são inofensivos para o ser humano, animais domésticos e plantas. De qualquer modo, evite salpicá-los.

Os produtos à base de solventes são inflamáveis, pelo que deve manter afastada das chamas a peça onde os aplicou durante pelo menos dois dias após a aplicação. O creosote, preservativo de madeira á base de alcatrão, é nocivo para as plantas, Se o aplicar em superfícies exteriores, proteja-se com roupa adequada e afaste as crianças e os animais até à secagem completa.

Existem vários métodos para aplicação destes produtos de protecção:

Pulverização

Este método é usado, em geral, para o tratamento da madeira em sótãos. Para este efeito, é preferível alugar o equipamento de pulverização e também uma máscara de protecção para evitar a inalação dos vapores. Siga cuidadosamente as instruções do fabricante. Para proteger a madeira das cercas, use um preservativo à base de água e um pulverizador de jardim de bocal largo.

Trincha

Utilize uma trincha de 3″ (cerca de 7,5 cm) de largura. Calce luvas de protecção. Se estiver a trabalhar a um nível mais alto que a sua cabeça, use também um capacete ou boina e óculos de protecção. Faça penetrar o produto nas fendas da madeira, embe-bendo-o até que escorra nas superfícies cortadas. Guarde a trincha, mas utilize-a somente para este efeito no futuro.

Imersão

É o método mais eficaz, para tratar a madeira em casa e também a melhor forma de proteger estacas e travessas elas cercas. Improvise uma tina com tijolos e forre-a com um lençol de politeno resistente com bastante folga para obter uma espécie de tanque. Coloque a madeira no tanque com tijolos por cima. Encha-o com produto suficiente para cobrir toda a madeira e deixe ficar de um dia para o outro. Senão for possível tratar desta forma toda a madeira, encha com o produto um recipiente tão largo quanto possível e mergulhe nele as estacas. Este processo permite a máxima protecção da parte elas estacas que há-de ficar enterrada; a parte que irá ficar exposta pode ser tratada com trincha.

Em alguns casos, por exemplo em madeiras pintadas ou móveis, pode introduzir cápsulas de produto fungicida em furos previamente abertos e depois fechados com vedante, ou ainda injectar o produto com uma seringa.


Adicionar Comentário