Como plantar e podar uma sebe

Uma sebe alta pode proteger um jardim do vento e do olhar de estranhos. Pode ser igualmente uma barreira eficaz con­tra o ruído. As sebes baixas são uma forma atraente de dividir um jardim.

Se pretender uma sebe alta, é preferí­vel plantar arbustos de folhagem persis­tente, como ligustros, mióporos, etc.

As sebes baixas, destinadas a dividir o jardim, podem compor-se de bérberis, buxos e piracantas.

Como plantar:

Se possível, plante os arbustos no Outono ou no início da Pri­mavera, começando com plantas com menos de 60 cm de altura. Os arbustos envasados podem ser plantados em qualquer altura.

Cave o solo cerca de duas semanas antes de plantar a sebe, retirando as ervas daninhas, e misture um pouco de adubo.

Estique um fio entre duas estacas para marcar a posição da sebe; depois, espete canas a intervalos de 30—45 cm a todo o comprimento, indicando a posição de cada arbusto. Faça apenas uma fila ou, se desejar uma sebe mais densa, duas filas desencontradas. Abra uma cova para cada arbusto ou uma vala para vários. As covas devem ter profundidade suficiente para que a base do caule (ou a marca do solo no caule) fique ao nível da terra e ser bastante lar­gas para acomodar as raízes.

Misture a terra que retirou com um pouco de adubo ou estrume bem cur­tido, na proporção de 1 parte para 2 partes de terra.

Antes de transplantar um arbusto envasado, deve regá-lo. Segure o arbusto pela base do caule para o situar correctamente na cova, que deve encher com a mistura de terra e estrume. Em seguida, calque bem a terra em redor do arbusto. Os arbustos devem ser então bem regados. Prenda cada um a um tutor para ficarem bem firmes.

Como podar e cortar sebes:

Excep­tuando as coníferas e os arbustos de folha persistente, como o azevinho e o teixo, deve proceder-se à poda dos arbustos que compõem a sebe imediata­mente após tê-los plantado — v. podar arbustos. Os arbustos de crescimento rápido devem ser podados pela metade. Outras espécies de arbustos devem ser podadas a um terço no topo e despon­tadas dos lados. No Inverno seguinte, proceda do mesmo modo. No caso das coníferas e de arbustos de folha persis­tente, pode cortar os ramos laterais, mas nunca os do topo.

Logo que a sebe estiver bem implan­tada, proceda à poda, tendo em atenção a época do ano recomendada. Corte as sebes de maneira que a base fique ligei­ramente mais larga que o topo.


One Response

  1. Maria L. Duarte 20 de Maio de 2014

Adicionar Comentário