Como pintar rapidamente superfícies pequenas e grandes

O método mais rápido de pintar peque­nos objectos de formas complicadas e superfícies irregulares, como, por exem­plo, objectos de vime ou de ferro for­jado, consiste na aplicação de tinta cm spray (latas de aerossol). Este tipo de spray é também utilizado na reparação de pequenas falhas de tinta na pintura de automóveis.

Faça uma cabina de aplicação com folhas de cartão para conter a pulveriza­ção c espalhe jornais no chão. Se não tiver uma oficina separada da sua casa, trabalhe ao ar livre num dia seco e sem vento. Cubra as superfícies que não deseja pintar com fita e jornais. Agite bem a lata a fim de assegurar uma boa mistura da tinta e coloque-a a cerca de 50 cm do objecto a pintar. Carregue no botão e mova a lata horizontal e conti­nuamente, mantendo a distância em relação à superfície. Aplique uma demão sem tentar pintar o objecto todo de uma só vez. Deixe a tinta secar e aplique então outra demão. Durante a aplicação, agite a lata de vez em quando para manter a tinta bem homogénea. Continue a aplicar dcmàos até que a superfície fique completamente pintada com uma camada regular. Quando aca­bar o trabalho, carregue no botão, com a lata vertical em posição invertida, até sair apenas gás propulsor, assegurando assim a limpeza do bocal. Se preferir utilizar uma pistola para pintar rapida­mente superfícies relativamente exten­sas, pode escolher entre o tipo com­pressor e o tipo ar. ambos de ligar â corrente eléctrica. O compressor é o mais vulgarmente usado e permite um fácil controle da pintura, cie modo a aplicar camadas finas e regulares.

A utilização da pistola de ar exige uma pressão considerável para forçar a tinta a sair, dificultando o controle da aplicação. Para além disso, quando já há pouca tinta no recipiente da pistola, ela sai em borrifos irregulares. Tem, no entanto, a vantagem de provocar muito menor pulverização.

As pistolas são especialmente indica­das para aplicação de tintas celulósicas, como as usadas na reparação da pintura cie automóveis — v. mossas em automó­veis. Também podem ser utilizadas com tintas de esmalte, se estas forem diluídas como recomendado nas instruções da pistola. Não devem ser utilizadas com tintas de emulsão, que têm tendência para entupir o bocal e mesmo bloqueá-lo se este não for bem limpo.

A técnica de utilização é semelhante à descrita acima para os aerossóis. Mante­nha a pistola a cerca de 30 cm da super­fície a pintar, pressione o gatilho e mova-a de um lado para o outro, para­lela à superfície, de modo a aplicar uma camada regular, sem pretender cobrir todo o objecto com uma só demão.

O defeito mais vulgar é causado pela tinta em excesso em determinados locais, que provoca orvalhados e escor­ridos. Aplique de mão após de mão até obter a cobertura desejada.

Com objectos de ferro forjado, apli­que bem a tinta a partir de diversas direcções para que esta atinja completa­mente todos os recantos. Tente manter a pistola sempre à mesma distância para que as camadas fiquem regulares.

Acabado o trabalho, esvazie o reci­piente da pistola e, usando o diluente apropriado, pressione o gatilho até remo­ver toda a tinta do interior da pistola.


Adicionar Comentário