Como fazer cercas de concreto

As cercas de concreto maciço são facilmente encontradas no comércio, mas se tornam onerosas, uma vez que são necessárias várias peças. Faça essas cercas em casa economizando uma boa quantia em dinheiro.

Ferramentas

• Tábuas de pinho
• Compensado
• Compasso
• Régua
• Serra tico-tico
• Esquadro
• Martelo
• Óleo de desmoldagem
• Pincel
• Colher
• Ferros para concreto
• Desempenadeira
• Esponja

Molde

Para a fabricação de cercas de concreto (como as de lajes de jardins) é preciso que se disponha de um ou mais moldes que permitam produção em série.
Este tipo de molde existe no comércio, geralmente em casas de
material de construção.
Porém os moldes só permitem a fabricação de cercas ou lajes estandardizadas que podem não corresponder àquilo que é desejado; por isso, é interessante cada um construir seu próprio molde.
O melhor material para fabricação de moldes é a madeira. Nessa cerca foram usadas tábuas de pinho e ripas. A forma escolhida depende da espessura que se deseja usar na cerca (uma pequena espessura implica na ferragem do concreto, como veremos adiante).
Cada molde é composto de sarrafos, ou ripas, que limitam a base e os lados de cada cerca e de um pedaço de tábua cortado de modo a formar uma série de arcos que dão forma própria à cerca.

Trace vários meios-círculos entre duas linhas paralelas, depois uma linha reta entre as duas, destinada a “quebrar” os ângulos agudos formados no encontro dos meios-círculos.
Feito o traçado, corte as partes arredondadas com a serra tico-tico.
Coloque os moldes numa superfície plana e regular, limpa e
firme.
No caso de desejar reutilizá-los, coloque-os sobre uma placa de compensado, pinte-o para protegê-lo.
Os moldes devem estar bem fixos nos suportes; para isso pregue-os na placa de compensado, sem que os pregos tenham sido cravados por completo, de modo que possam ser arrancados com facilidade na hora da desmontagem.
Tenha cuidado para que as junções fiquem perfeitas, não permitindo com isso o escoamento do concreto entre os moldes.
Para isso use madeira aparelhada até mesmo nas partes mais estreitas e, na parte da espessura da tábua. Numa mesma placa, coloque vários moldes que permitam a moldagem de várias peças ao mesmo tempo. Tendo essa placa à mão, os restos de concreto de seu trabalho poderão ser aproveitados.
Antes de colocar o concreto nos moldes, junte-os com óleo para facilitar a desmoldagem. Pode-se utilizar óleo mineral ou vegetal comum, mas existe um “óleo de desmoldagem” no comércio que não mancha o concreto após a desmoldagem.
Passe o óleo com um pincel largo, insistindo particularmente nos cantos, onde os riscos de grudar são maiores.

Concreto

Como a cerca não irá sofrer grandes esforços ou cargas, o concreto utilizado pode ser bem leve, comportando pequena proporção de pedra ou pedrisco, e possivelmente será necessário utilizar apenas uma massa composta de cimento e areia.
Existe no comércio este tipo de massa pronta para usar, vendida em pequenas quantidades (acondicionada em embalagens de 1 a 5 kg), o que é muito prático para a feitura de poucas cercas.

Ferragem

Apesar de a cerca não ir submeter-se a nenhum tipo de esforço ou carga, é indispensável ferrar (armar) o concreto. Dada a pequena espessura das peças, elas se tornam muito frágeis, daí a necessidade de ferros serem colocados para evitar que se quebrem durante o transporte ou colocação.
A ferragem é muito simples, pois limita-se à colocação de ferros retos cruzando-se em ângulo reto (como para uma laje). Aqui foram usados ferros trefilados de 5 mm de diâmetro e ferros lisos de 10 mm de diâmetro. Se a colocação do concreto é feita num local bem plano, não é necessário amarrar os ferros entre si.

Colocaçao do concreto no molde

Comece colocando uma camada de concreto, fazendo-o penetrar bem entre os ferros. Para tanto, basta dar alguns golpes paralelos com a colher. O molde é tão raso que o concreto pode ser colocado com a colher, dispensando o uso de uma pá.
Cuidado para não movimentar os ferros caso eles não estejam amarrados.

Alisamento

O alisamento da superfície não é feito com a colher, mas sim com a desempenadeira. É fácil guiar-se sobre os sarrafos e a tábua. Para um acabamento bem caprichado, alise o concreto com esponja úmida.

Notas:
■ O concreto poderá ser colorido desde sua preparação com amarelo-zinco, ocre, azul-marinho ou oxido de ferro vermelho. Esses corantes são, em geral, dosados a mais ou menos 5% do peso do cimento. Uma mistura cuidadosa de corante com o cimento seco evita diferenças na coloração. A mistura final deve ser feita com água limpa na qual se ajunta um álcali (um copo por balde).
■ Se há apenas alguns trechos de cerca para se fazer, o concreto poderá ser comprado pronto para usar. Obviamente mais caro que o feito em casa, ele é entretanto mais fácil de usar. Conserve-o em lugar seco e isole-o do chão com uma tábua, senão poderá endurecer e ficar inutilizado.


One Response

  1. Marcus Vinicius Souza 28 de Fevereiro de 2013

Adicionar Comentário