Como decorar com figuras recortadas

A arte de aplicação surgiu na Europa no século XVII como imitação dos tra­balhos em laca oriundos da China e Japão. Figuras ou formas recortadas do papel são coladas em objectos de madeira, metal, vidro ou porcelana, tais como caixas, tabuleiros, vasos, pra­tos e bases de candeeiros.

Ferramentas

Tesouras pequenas de pontas finas e afiadas; vários pedaços de esponja sintética; um rolo de mão de borracha; uma faca pequena; pin­céis de pêlo macio e de boa qualidade; um polidor (à venda nas lojas de arti­gos de desenho) ou uma colher pequena; um bloco de lixar forrado de feltro.

Material

Cola branca (PVA) (ou uma cola acrílica para vidro ou porcelana); fixador transparente em spray; lixa muito fina para aplicar seca ou húmida; se quiser, veladura e imper­meabilizante; palha de aço muito fina; o verniz mais transparente que encon­trar à venda e pó de pedra-pomes.

Preparação dos recortes óleo de linhaça para um acabamento perfeito em madeira; plasticina para segurar os recortes em posição.

Preparação

Impermeabilize o papel, depois recorte os motivos com a tesoura inclinada para que a beira infe­rior do papel fique também inclinada.

Lixe a madeira. Envolva o bloco de lixar numa folha de lixa e passe várias vezes na madeira, velha ou nova, até esta ficar lisa, limpando-a depois de cada passa­gem com um pano que não deixe fios. Depois, se quiser, aplique a veladura e em seguida uma camada de impermea­bilizante. Se pretender pintar o objecto, aplique o impermeabilizante antes de pintar, Nos objectos de metal, remova a ferrugem e aplique depois o imper­meabilizante.

Composição

Trabalhe num local sem poeiras. Utilizando pequenos pedaços de plasticina, coloque os motivos de diferentes maneiras sobre o objecto até conseguir uma disposição que lhe agrade; marque ligeiramente a lápis as posições. Barre com cola as costas dos recortes antes de os colocar definitiva­mente primeiro os maiores, depois os mais pequenos. Com os dedos lim­pos, retire a cola em excesso e as boinas de ar. Finalmente, limpe a res­tante cola com uma esponja húmida.

Estenda um pano limpo e húmido sobre o arranjo e passe cuidadosa­mente com o rolo, trabalhando do centro para as extremidades. Em seguida, mantendo o pano, faça pres­são sobre as bordas dos recortes com o polidor ou as costas da colher. Deixe secar durante duas ou três horas.

Envernizar

Não envernize em dias húmidos, pois o acabamento pode ser afectado. Aplique 10 camadas de ver­niz, deixando que cada camada seque durante 24 horas. Entre as várias cama­das, passe ao de leve e a seco com uma folha de lixa fina e limpe com um pano.

Quando a décima camada estiver seca, lixe a superfície para obter um acabamento liso e baço; utilize a lixa húmida em volta de uma esponja, mergulhando-a em água com sabão. Aplique mais 6 a 10 camadas de ver­niz, passando com a lixa húmida de três em três camadas, incluindo a última, e lixando a seco depois de apli­car as outras camadas. Alise suave­mente com palha de aço fina.

Os objectos de madeira terão por último de ser polidos com uma mis­tura de uma colher de pó de pedra-pomes para duas de óleo de linhaça; esfregue com força e em seguida limpe com um pano e aplique cera branca.

UM PEQUENO CONSELHO

Para verifi­car se a madeira está lisa após ter pas­sado com a lixa, esfregue a superfície com uns autocolantes velhos. Se puxar fios, é necessário repetir novamente a ope­ração.


Adicionar Comentário