Como cultivar Violetas africanas

A violeta africana (Saintpaulia), que é uma das mais atraentes plantas de inte­rior, pode florir durante todo o ano, se for convenientemente tratada.

Embora as flores da espécie origi­nal sejam singelas — têm apenas uma camada de pétalas —, algumas das va­riedades e alguns dos híbridos pos­suem numerosas camadas de pétalas. As flores apresentam cores variadas, desde o branco a vários tons de azul, roxo, cor-de-rosa e vermelho.

No entanto, o tamanho das flores e das folhas nem sempre é previsível, já que o aspecto das variedades e dos híbri­dos depende frequentemente das condi­ções em que os mesmos são cultivados.

Localização mais favorável. Mante­nha a planta durante todo o ano num local com boa luz. mas não a exponha a sol directo. Se tiver iluminação fluores­cente, coloque a planta por baixo de uma lâmpada durante 12 horas por dia, a uma distância de cerca de 30 cm. A planta dá-se melhor a uma temperatura de 18-24°C e precisa de bastante humidade.

Rega. Regue moderadamente, de modo que a mistura do vaso fique húmida depois de cada rega. Coloque o bico do regador por baixo da folhagem para que a água seja dirigida para a mistura sem molhar as folhas. Deixe secar cerca de 1 cm da camada superficial da mis­tura antes de regar novamente. O excesso de água apodrece as raízes das violetas africanas.

Adubação. Adube a planta sempre que a regar com um adubo líquido que con­tenha quantidades iguais de azoto, fós­foro e potássio, diluído de modo a ficar com um quarto da concentração habi­tual — v. aduuos.

Como envasar e reenvasar. Envase as violetas africanas numa mistura com partes iguais de turfa, perlite e areia e junte três ou quatro colheres de sopa de dolomite para cada quatro chávenas da mistura — v. riknvasak. Pode com­prar estes ingredientes nas lojas de plan­tas. Escolha um vaso com um diâmetro de cerca de um terço do da planta.

Reenvase a planta quando as raízes tiverem enchido o vaso — as violetas africanas desenvolvem-se melhor quando as raízes estão apertadas, pelo que o novo vaso deve ser pouco maior do que o antigo.


Adicionar Comentário