Como cortar e usar para decoração de superfícies

Os termolaminados são constituídos por camadas ele papel impregnado de resina, ligadas umas às outras a altas temperaturas e sob pressão para forma­rem placas rígidas. Os termolaminados elcstinaelos a interiores são vendidos em folhas de tamanho normalizado, embora possam ser também adquiridos com quaisquer medidas, sob encomenda, ainda que por um preço mais elevado.

Pode aplicar termolaminados sobre qualquer superfície plana e seca que ofereça uma boa base para a cola: o aglomerado de madeira, o lamelado c o contraplacado são materiais mais ade-eiuados. Antes de colar o termolami-nado, raspe as superfícies pintadas e envernizadas até a madeira ficar a des­coberto.

Existe uma grande variedade de colas indicadas para termolaminados; no entanto, para trabalhos em interiores deve escolher colas de contacto à base de borracha. Existem também colas resistentes ao calor e à humidade — v.

colas.

Se bem que, no seu conjunto, os ter­molaminados resistam a um uso nor­mal, certos produtos químicos e abrasi­vos, excesso de calor ou pancadas violentas podem danificá-los.

Não deve colocar tachos e travessas tirados directamente do fogão sobre os termolaminados, pois pode chamuscá–los ou fazê-los empolar.

Os cigarros e os ferros de engomar eléctricos e alguns proeiutos químicos, como, por exemplo, a soda cáustica, a água oxigenada e certos produtos de limpeza que contenham cloro, podem também danificar os termolaminados.

Deve limpar imediatamente qualquer liquido que se entorne, mesmo em pequenas quantidades (salpicos, por exemplo). Evite também o contacto com abrasivos, facas, instrumentos agu­çados e produtos de polir.

Alguns fabricantes criaram tiras de termolaminados flexíveis que se podem colar aos cantos dos painéis, por exem­plo, para rematar os cantos dos tampos das mesas. Se pretender revestir os can­tos de um painel, certifique-se de que existem tiras de termolaminados com a cor e a largura desejadas.

Há também, para este fim, tiras deco­rativas ele plástico ou ele alumínio, fabri­cadas numa grande variedade de perfis.

Como cortar e aplicar. Os termolami­nados podem ser adquiridos com as medidas desejadas. É, no entanto, mais económico comprar uma folha inteira com as dimensões normalizadas. Corte com um serrote de costas de dente fino , segundo um ângulo muito agudo, do lado decorado do tér-molaminaelo.

Poderá igualmenie utilizar uma faca tipo Stanley com lâmina de carbonato de tungsténio. Fazendo deslizar a lâmina contra uma régua, corte a face decorada até à base. Apoie com firmeza uma régua ao longo da linha de corte, segure a parte livre do termolaminado e levante-a para quebrar.

Passe com lixa a contraface do termo-laminado e a superfície a ser revestida. Deite um porção de cola de contacto no centro da contraface e espalhe-a com uma peça dentada de metal ou uma escova. Repita esta operação na superfície a revestir e deixe secar a cola até esta não aderir aos dedos.

As superfícies coladas aderem ao pri­meiro contacto. Coloque algumas varas de madeira sobre a superfície e apoie sobre elas o termolaminado. Abaixe um dos topos deste e em seguida desloque progressivamente as varas de madeira, fazendo pressão sobre o termolaminado.

Um outro processo consiste em pre­gar percevejos nos cantos do tampo da mesa para servirem de guias. Faça desli­zar uma folha de papel entre as superfí­cies revestidas com cola e retire-a ao mesmo tempo que vai comprimindo o termolaminado contra a superfície de aplicação.

Deixe a cola secar durante 30 mi­nutos e seguidamente acerte os bor­dos com uma lima ou uma plaina pe­quena — v. plainas. Mantenha a ferra­menta na posição vertical contra as arestas da superfície e desloque-a ao longo destas. Não lime de baixo para cima, pois correria o risco de danificar os cantos.


Adicionar Comentário