Reparação de Cadeiras

O principal problema dos móveis velhos são as junções frouxas, o que acontece quando a cola com que estas foram unidas perde eficácia. Não vale a pena tentar introduzir cola nova nas junções; é preciso separar completamente as partes unidas pela junção, batendo-lhes com um maço ou um martelo de borracha. Raspe toda a cola velha. Aplique uma cola à base de PVA à espiga da junção e em seguida una novamente as duas partes batendo-lhes com um maço ou um martelo de borracha.

UM TRUQUE RÁPIDO

Um outro processo de fixar uma junção frouxa consiste em utilizar uma cola especial que se dilata enquanto seca, preenchendo as folgas. Pode adquirir essa cola numa boa casa da especialidade.

Quando uma travessa de secção quadrada ou torneada da cadeira se parte, desmonte esta para soltar os bocados partidos. Verifique se estes aderem bem antes de os colar. Aplique uma cola para madeira à base de PVA; una os bocados batendo-lhes com um maço ou um martelo de borracha, se for necessário, e aperte-os com um grampo até a cola secar. Ponha uns bocados de madeira entre as maxilas do grampo e a peça colada para que esta não sofra dano.

Se uma travessa grossa estiver partida perpendicularmente ao veio da madeira, insira cavilhas para reforçar a colagem.

Se, devido à sua forma, não for possível unir os bocados partidos por outro processo, enrole um bocado de cordel bem apertado à volta da área colada.

Se as travessas partidas forem cilíndricas, leve um bocado da travessa partida a uma marcenaria e mande fazer uma travessa nova com o mesmo diâmetro e uma cor semelhante (se necessário, pode aplicar uma tinta para madeira. Corte a nova travessa com as dimensões e forma desejadas e afeiçoe-a com uma grosa e/ou uma lixa.

Se as junções do assento da cadeira estiverem frouxas, examine os blocos de reforço dos cantos do assento. Caso tenham sido aparafusados, remova os parafusos para soltar os blocos. Em seguida, limpe bem a cola, deixando a madeira à vista, Aplique nova cola para madeira à base de PVA e aparafuse os blocos com parafusos de calibre ligeiramente superior.

Se o assento tiver perdido a elasticidade.


3 comentários

  1. Marcelo 30 de Setembro de 2010
  2. Eunice 27 de Maio de 2013
    • ELISSANDRO 8 de Abril de 2015

Adicionar Comentário