Tubulações de plástico

As tradicionais canalizações dos lavatórios e banheiras em chumbo já estão ultrapassadas. Como em vários lugares, o plástico chegou para a felicidade dos encanadores e … de todos nós. A colocação das canalizações em tubos de PVC é muito simples.

Ferramentas

• Metro
• Serra de metal
• Estilete
• Cola de PVC
• Barbante com giz
• Furadeira
• Chave de fenda
• Martelo
• Buchas
Braçadeiras
• Luvas
• Cotovelos
• Tubos de PVC

Produtos

Os tubos de plástico são apresentados em duas versões: tubos retos e os tubos de ligações, cotovelos e luvas que permitem realizar uma instalação de acordo com o local disponível.
Os tubos propriamente ditos são rígidos, fazendo-se todos os cotovelos por ligações, e a moldagem a quente é possível.
Encontra-se no comércio um grande número de ligações, tubos de diâmetros diferentes, segundo suas necessidades. Os mais grossos são usados como condutores, isto é, para evacuar a água de chuva e goteiras.

Corte dos tubos

Todos os cortes dos tubos são feitos com serras de dentes finos. É possível usar um serrote, mas o mais recomendável é, sem dúvida, usar uma serra para metal.

Técnicas de união

Mesmo sendo de plástico, esses tubos podem ser soldados com o maçarico.
Aqui são mostradas as técnicas de união e derivação por colagem, mais fáceis para o amador. A colagem é a grande vantagem do produto.
A colagem é feita por uma cola especial de PVC, encontrada à venda nas mesmas lojas onde são comprados os tubos. É uma cola líquida, em tubo ou caixa, que, devido a sua consistência, infiltra-se perfeitamente entre as peças a serem coladas.
Para que a colagem seja bem feita é essencial que os tubos estejam limpos, desengordurados e lixados, de modo a oferecer uma boa superfície para a penetração da cola.
Após cada corte, rebarbe a superfície de serragem (com uma faca, por exemplo) e lixe as extremidades e o interior das conexões a fim de propiciar maior aderência das peças.

Ligações simples

Essas são feitas por meio de luvas que permitem a união dos tubos em prolongamento. Existem luvas de redução que permitem unir tubos de diâmetros diferentes.

Ligações complexas

Para as derivações, estão disponíveis no mercado diferentes elementos de ligação que permitem unir várias canalizações.
Preveja uma canalização de diâmetro maior para evitar entupimentos.
Apresentamos uma cruz e uma derivação em curva (pescoço de cisne) que estão entre as mais comuns, mas existem outros modelos para suas necessidades.

Cotovelos

Também será encontrado um material completo, mas os mais comuns são os de 90° e 135°. Por causa das necessidades do escoamento, esses elementos têm sempre um ângulo superior a 90°.
Associando vários cotovelos, até um ziguezague poderá ser feito para contornar certos obstáculos. Antes de comprar o material para sua instalação, faça um plano bem detalhado para determinar aquilo que será necessário para a realização do seu trabalho.

Fixações

É essencial que suas canalizações sejam fixadas na parede. Use de preferência braçadeiras metálicas correspondentes ao diâmetro externo dos tubos.
As braçadeiras são parafusadas na parede. Aconselhamos embuchar antes de parafusar a fim de prevenir qualquer acidente.
Faça previamente um traçado na parede, de acordo com o percurso de sua canalização.
Disponha as braçadeiras a cada 50 cm para dar maior segurança à instalação.
Parafuse as braçadeiras, coloque os tubos e feche-as parafusando-as convenientemente.

Acessórios

Além dos elementos de derivação e ligação existem vários acessórios, como visores (que permitem uma vista externa dos tubos para eventual
desentupimento), e sobretudo sifões plásticos, que se adaptam perfeitamente aos tubos.

Utilização sobre pressão

Esses tubos podem também ser usados para a alimentação de água, através de instalações incrustadas no concreto ou enterradas.


Adicionar Comentário