Como fazer um pantógrafo

Seus amigos certamente serão surpreendidos com as reproduções fiéis dos motivos mais complexos. A arte do desenho fica ao alcance de todos com este aparelho reprodutor denominado pantógrafo.

MATERIAL
(as medidas estão em mm)
Compensado de 100X4;
Suporte;
Rolhas;
Parafusos;
Parafuso de cabeça redonda;
Porcas;
Borboletas;
Lápis;
Buchas de latão.

FERRAMENTAS
Furadeira, Serrote, esquadro, metro, lápis, lixa de papel, cola, martelo, goiva, chave de boca, verniz.

PARA LEMBRANÇA…
Pantógrafo é um aparelho com o qual se pode reproduzir um motivo original em escalas diferentes. Citamos, por exemplo, o pantógrafo dos escultores, que trabalha em todos os planos, e pode reproduzir, reduzindo ou aumentando, toda a arquitetura de uma estátua.
Veremos a feitura de um pantógrafo em condições de reproduzir desenhos, ou seja, trabalhando em um só plano.

FUNCIONAMENTO
O sistema baseia-se na articulação de um paralelogramo, o qual pode modificar o comprimento de seus lados segundo a ampliação desejada.
O aparelho é preso na mesa por meio de um ponto fixo na extremidade de um dos braços maiores, enquanto um lápis se movimenta segundo o movimento do lápis-guia (seguro na mão), que segue os contornos do desenho a ser reproduzido.
O lápis-guia é chamado apalpador.

CONSTITUIÇÃO
Este pantógrafo é formado por ripas de compensado de 60×4 mm, cortadas no comprimento. Os pontos dos furos a serem feitos podem ser marcados:
Aqueles nos quais são introduzidas buchas de latão;
Os furos B e C recebem os lápis;
Finalmente os furos A e D, o furo A correspondente ao ponto fixo, e o D, ao ponto de articulação do paralelogramo.
Pode-se empregar outro material que não seja o compensado, desde que seja fácil de furar.

APARELHO REPRODUTOR
Os dois lápis são indispensáveis à reprodução. Os pontos B e C são furados para recebê-los.
Entretanto, não basta apenas fazer com que os lápis passem pelos furos, mesmo o que vai sobre o desenho. É necessário que eles sejam mantidos bem na vertical para seguir e reproduzir com precisão.
Para isso, uma rolha é furada e depois cortada em duas partes. Cada uma das partes da rolha, posta de um lado e de outro das ripas, é colocada no alinhamento do furo feito na madeira, servindo assim para sustentar os lápis.

CALÇO
O calço fixo é destinado a manter a extremidade do braço 1. É um elemento de madeira com um furo onde se introduz um parafuso.

UNIÃO DO CALÇO MAIS O BRAÇO
O comprimento do parafuso deve ser suficiente para ultrapassar a espessura do braço mais o calço que está em contato com o ponto A.
Não aperte demais a porca que mantém essa união, pois só o calço deve estar fixo.
Pode-se arredondar a extremidade do braço, por questões de estética.

BRAÇO MAIOR
Na realidade são dois. Sua união, que se faz no ponto D, deve ficar flexível. Utilize um parafuso de cabeça redonda, com a cabeça para baixo, para facilitar o deslizamento sobre o plano de trabalho segundo os movimentos do pantógrafo.
As duas porcas mantêm os braços um contra o outro, mas com uma certa folga para não prejudicar a articulação.

EXPERIMENTO
Termine a montagem com duas porcas colocadas nos parafusos correspondentes.
Fixe o calço na ponta da mesa com um grampo ou com uma prensinha.
Para que o aparelho funcione corretamente é necessário que esteja situado em um plano perfeitamente horizontal. Regule a altura dos lápis e dos parafusos de cabeça redonda de acordo com a altura do calço.

AMPLIAÇÃO
É desnecessário iniciar aqui um curso de álgebra ou de geometria. Digamos, ao menos, que é necessário poder modificar o comprimento dos lados do pantógrafo sem alterar a estrutura de base do paralelogramo (os lados paralelos e iguais dois a dois).
Por isso, as distâncias que separam os furos equipados com as buchas de latão são iguais de um braço a outro.
É indispensável, para que o pantógrafo funcione corretamente, respeitar as medidas indicadas. Os furos numerados 2, 2,5, 3 e 4 indicam as escalas de ampliação possíveis.
Exemplo: utilizando os furos 2, pode-se dobrar as dimensões do original.


5 comentários

  1. Leanndro Rodrigues 18 de Maio de 2013
  2. Wanessa Borsieri 13 de Agosto de 2013
  3. Magno Aerografia 13 de Dezembro de 2015
  4. Anderson Marcio Rodrigues 15 de Abril de 2016
  5. Anderson Marcio Rodrigues 20 de Abril de 2016

Adicionar Comentário