Como fazer reparação de tapetes

Experimente remendar em casa as pequenas zonas puídas e os buracos de queimaduras, geralmente provocados por cigarros, que prejudicam a aparência e diminuem a vida útil dos seus tapetes. Verá que se trata de uma reparação fácil de executar, especialmente se tiver guardado restos do tapete ou da alcatifa, e que o seu tapete recupera quase inteiramente o aspecto inicial e dura muito mais tempo.
No entanto, se se trata de um tapete antigo ou valioso, é preferível recorrer a uma casa especializada neste tipo de reparações.
Buracos de queimaduras. Com uma laca bem afiada ou uma lâmina, retire as fibras queimadas que existam, a fim de expor o material de base. De um resto que tenha guardado ou de um ponto oculto do tapete, corte a quantidade suficiente de tufos para encher o buraco. Se se tratar de um tapete com motivos, corte os tufos de cor condizente com a zona a reparar.
Aplique no fundo do buraco, sobre o material de base, e nas pontas dos tufos um pouco de cola de látex adequada. Depois, introduza os tufos no buraco e deixe secar. Apare, se necessário, e escove para misturar o pêlo.

Zonas desgastadas:
Se o pêlo for entretecido no suporte, volte o tapete ao contrário e pelo avesso marque um quadrado sobre a zona danificada.
Revista o quadrado marcado e ainda uma margem de 2,5 cm a toda a volta com cola de látex e esfregue com um trapo ou o dedo para que a cola penetre bem no suporte, evitando assim que o tapete se desfie ao ser cortado. Colo¬que em seguida um pedaço de madeira debaixo da zona danificada, no lado do pêlo, e corte o quadrado marcado ser-vindo-se de uma faca bem afiada.
Cubra o quadrado cortado no suporte com tiras de fita de acabamento para tapetes de cânhamo ou juta, sobrepondo as beiras em cerca de 5 cm.
Utilize o quadrado cortado como molde para cortar outro quadrado de um resto de tapete ou de uma parte que fique por baixo de um móvel pesado e baixo para ocultar o corte. Certifique-se de que o pêlo dos dois cortes corre na mesma direcção.
Aplique uma camada de cola nas costas e nas bordas do quadrado agora cortado, com cuidado para não atingir os tufos. Comprima firmemente o quadrado contra as tiras de fita de acabamento. Com um martelo, bata nas bordas com pancadas leves para que o remendo fique nivelado.
Se o tapete tiver uma base de espuma, corte a zona danificada pelo lado do pêlo. Utilize um resto de tapete guardado para cortar um quadrado ligeiramente maior que a zona danificada e, provisoriamente, pregue-o no lugar com tachas para tapar o buraco.
Em seguida, corte com toda a exactidão o remendo e o tapete subjacente. Retire as tachas, o remendo novo e o pedaço de tapete estragado. Vire o tapete e pelo avesso tape o buraco com tiras de fita adesiva. Volte de novo o tapete com o direito para cima, coloque o remendo no lugar sobre a fita adesiva e faça pressão. Para nivelar, martele ligeiramente as bordas.


3 comentários

  1. Beth Oliveira 24 de Setembro de 2014
  2. Elaine Santos 12 de Dezembro de 2014
  3. abigail 30 de Dezembro de 2014

Adicionar Comentário