Alguns produtos de limpeza e como limpar a casa

Dê brilho à sua vida com alguns produtos de limpeza básicos.

Pulverização e polimento
A alegria do trabalho doméstico não é evidente para todos, mas poucos negarão o prazer de ter um compartimento acabado de limpar. As fanáticas mais entusiastas podem enaltecer as virtudes da limpeza do pó diária e da aspiração vigorosa, mas aquelas cujas vidas são agitadas proclamam que o tempo é mais precioso se passado a remover os pêlos das pernas, do que a encerar soalhos. As tarefas básicas como limpar lavatórios e banheiras terão de ser feitas, embora não seja obrigatório ter um armário cheio de cremes e líquidos de limpeza. Um bom aspirador, panos de pó e alguns materiais de limpeza básicos são tudo o que é necessário. E lembre-se que a perfeição imaculada só existe nas revistas de decoração.

Existe um vasto número de produtos de limpeza adequados a todo o tipo de tarefas e problemas, muitos dos quais nem sequer sabia que existiam! A boa notícia é que, embora alguns deles sejam sem dúvida muito eficazes (e dispendiosos), pode manter uma casa perfeitamente limpa apenas com uns quantos. A limpeza demasiado zelosa com produtos de limpeza fortes e poderosos pode danificar seriamente a sua casa, pelo que deve optar por produtos para todos os fins, os quais são em geral suaves e, a não ser que venha indicado no rótulo, apropriados para a maioria das superfícies.

Produtos de limpeza em creme
Ligeiramente abrasivos mas não suficientemente ásperos a ponto de danificarem as superfícies. Utilize-os em lavatórios, banheiras, sanitas e bancadas muito sujas ou manchadas. Esprema directamente sobre a superfície e esfregue com uma esponja macia, esfregão de nylon ou pano.

Produto para limpeza de soalhos e superfícies
À venda em líquido. Dissolva-o em água morna para lavar soalhos e bancadas, azulejos de cozinha e pintura, ou utilize-o puro para sujidades mais entranhadas. Não é abrasivo, sendo por isso ideal para
a limpeza de fogões e aparelhos eléctricos. Contém detergente, o qual dissolverá a gordura para além de limpar.

Limpa-vidros
Há várias teorias sobre a melhor forma de limpar janelas, mas a mais fácil é utilizar um limpa-vidros. Pulverize e passe um pano macio.

Lixívias
Um líquido à base de cloro, que mata os germes e esteriliza. Utilizado em ralos, lava-loiças e sanitas e para esterilizar bancadas, equipamentos, etc. Utilize uma solução fraca para lavagens, ou uma solução mais forte ou pura para remover manchas ou nódoas.

Sabão azul e detergente
Não contêm ingredientes ásperos, sendo por isso apropriados para superfícies mais delicadas e em lavagens frequentes. Os detergentes líquidos ecológicos também são bons e fáceis de usar.

Vinagre
Remova a sujidade e sabão acumulado em banheiras e duches. Utilize-o diluído em água, para limpar janelas e vidros. Neutralizará os odores, incluindo de dejectos dos animais. Use-o com bicarbonato de sódio para obter produtos de limpeza espumosos, feitos em casa.

Bicarbonato de sódio
Possui propriedades abrasivas e desodorizantes e é brilhante a remover manchas (em peças de vestuário, alcatifas e papel de parede, bem como bules manchados de chá, etc). Dissolve a gordura e depósitos e é um poderoso produto de limpeza para lava-loiças, quando misturado com vinagre.

Água gaseificada
Tenha sempre à mão uma garrafa para acções de emergência, como salpicos em roupas ou alcatifa. A efervescência puxa a nódoa à superfície, para que possa depois ser removida.

Sumo de limão
Um branqueador natural e desinfectante. Utilize-o em vez de lixívia para remover nódoas em roupas, bancadas e mãos. Contudo, use-o com precaução e nunca deixe que entre em contacto com qualquer tipo de pedra, pois queima literalmente o material e as manchas e marcas resultantes não podem ser removidas.

Borato de sódio

Um produto de limpeza para todos os fins, que tem vindo a ser utilizado ao longo de séculos. É um ingrediente Importante em alternativa aos produtos feitos em casa. Não é tão corrosivo quanto o vinagre ou o sumo de limão.

Cuidados básicos

Adopte os seguintes tratamentos de superfícies:

Soalhos
Caminhar sobre os soalhos provoca danos – os nossos pés esmagam com bastante eficácia a sujidade, areia e fuligem e desgastam gradualmente a superfície. Por isso, a remoção regular destas substâncias lesivas manterá os soalhos em bom estado e prolongar-lhes-á a vida.
Um aspirador é o método mais eficaz de remoção da poeira e pode ser utilizado em todos os soalhos (mas não utilize aspiradores do tipo vibratório em superfícies duras ou soalhos envernizados, para não os riscar). Poucas pessoas têm tempo (ou inclinação) para aspirar diariamente, pelo que deve ter sempre à mão uma vassoura, vassoura para polir soalhos ou vassoura mecânica para tapetes para os pedaços maiores, tais como migalhas, salpicos e coisas que vêm agarradas aos sapatos.

A sujidade e a gordura podem ser removidas de soalhos de vinil, betão e cerâmica, lavando com um produto de limpeza para soalhos apropriado (mas em soalhos de pedra use sabão). Para remover as manchas em azulejos muito brilhantes, limpe com uma toalha velha ou pano absorvente. Os azulejos sem vidrado, tais como os de cerâmica, absorverão mais a sujidade e podem necessitar de uma boa esfregadela ocasional com um produto ligeiramente abrasivo – não utilize sabão, pois deixará uma película baça.
A pasta de cimento entre os azulejos pode ficar suja e manchada – esfregue periodicamente com detergente ou um produto abrasivo, utilizando uma escova. Retire pegadas e gordura com um pano embebido numa pequena quantidade de produto de limpeza puro ou diluente.

Quando estiver a lavar utilize um balde duplo ou dois baldes, um com detergente ou produto de limpeza e o outro com água limpa. Passe a esfregona por água limpa após cada passagem, caso contrário estará a redistribuir a sujidade pelo soalho em vez de o lavar. Não permita acumulações de água e seque o melhor que puder a superfície, espremendo bem a esfregona.
Não utilize água em soalhos de madeira, embora os vernizes poliuretanos e celulosos possam ser varridos ou lavados, utilizando água morna com algumas gotas de detergente e um pano ou esfregona muito bem espremidos. Os soalhos encerados ou oleados, que são muito bonitos podem ser aspirados ou varridos frequentemente com uma vassoura para polir soalhos e apenas encerados.

Existem vários produtos que oferecem protecção, resistência às manchas, brilho instantâneo e vários outros benefícios tentadores. Utilize-os com precaução uma vez que, com o passar do tempo, se transformam numa capa que se torna baça, suja e gasta, e que necessita de bastante esforço para ser removida. Alguns soalhos podem ter de ser isolados e os mais antigos e sujos podem ser rejuvenescidos com uma grande variedade de tratamentos e produtos especiais. Peça sempre conselhos a um especialista -em geral os fabricantes têm linhas de ajuda e pode acabar por se ver envolvida numa conversa com um perito entusiástico e conhecedor, que lhe recomendará o produto e tratamento correctos.

Bancadas
As bancadas devem ser lavadas, ou limpas frequentemente com um pano limpo. Uma solução de lixívia matará os germes. As bancadas de madeira necessitam de ser envernizadas ocasionalmente, mas pode salpicar óleo de girassol sobre um esparadrapo seco e passá-lo nelas. Nunca deixe que o sumo de limão entre em contacto com pedra mancha a superfície.

Azulejos
Limpar os azulejos diariamente após cozinhar, ou após cada duche ou banho, ajudará a evitar a formação de depósitos de gordura, sabonete e água, mas para isto é preciso disciplina (e pode estragar os efeitos de um banho relaxante). Pelo menos desta vez, é boa ideia investir em azulejos especiais e produtos de limpeza para pasta de cimento, e fazer uma boa limpeza quando sentir vontade.

Janelas e paredes
Utilize um spray limpa-vidros e limpe com panos limpos sem pêlo. Se as janelas estiverem muito sujas, lave-as primeiro com água morna e detergente.
Pode retirar marcas de paredes pintadas utilizando um detergente e uma esponja ou pano; contudo, isto tende a remover a tinta e deixar uma mancha descolorida, sendo por vezes mais fácil voltar a pintar toda a parede.

Casas de banho
Não abuse das lixívias e desinfectantes. É muito melhor para si e para o ambiente lavá-los regularmente. Contudo, a água causa acumulações de calcário, pelo que deve estar preparada para colocar pastilhas efervescentes na sanita e produtos de remoção de calcário nas torneiras.

Mobiliário
O mobiliário reage bem à limpeza constante da poeira, aspiração e a uma boa passagem com o espanador. Um pano de pó, ligeiramente embebido em água ou num limpa-vidros, apanhará a poeira com bastante eficácia e reavivará o plástico e o metal. Dê à madeira um polimento ocasional, com uma cera de boa qualidade. Um aspirador com um bom conjunto de acessórios é ideal para tapeçaria – o acessório de escova é excepcional para cortinas e persianas.

Equipamento eléctrico
O equipamento eléctrico, tal como computadores, televisores, etc, atrai poeira através da electricidade estática. Limpe o pó frequentemente com um aspirador – o acessório de escova pode ser utilizada nos teclados – e também pode utilizar um pano de pó embebido num produto anti-estática. Provavelmente, o melhor será não utilizar líquidos perto de artigos eléctricos, pelo que vale a pena investir em toalhetes para limpeza de monitores e num equipamento de limpeza específico.


2 comentários

  1. Grupo Alimente (www.grupoalimente.com.br) 14 de Março de 2012
  2. carla 29 de Outubro de 2012

Adicionar Comentário