Como lidar com problemas e lesões nas unhas

As unhas crescem continuamente e, se não forem cortadas, podem lascar e par­tir. Em geral, não dão muitas preocupa­ções, mas por vezes podem causar alguns problemas.

Unhas lascadas. Quando demasiado exposta a água com sabão ou deter­gente, a camada superior das unhas pode soltar-se e começar a lascar. Neste caso, convém usar luvas de plástico quando se lava roupa ou loiça e aplicar diariamente um creme ou óleo na base das unhas.

Unhas quebradiças. Unhas que se fen­dem ou quebram com facilidade podem tornar-se uma fonte de incómodo per­manente.

A debilidade das unhas pode ser con­sequência de um estado geral de saúde deficiente ou de uma carência proteica na alimentação. É possível aumentar a quantidade de nutrientes ingeridos comendo mais carnes magras, peixe, fruta fresca e legumes.

As unhas podem tornar-se quebradi­ças; neste caso, convém aplicar de manhã e à noite um creme ou óleo pró­prios para as unhas, como óleo de amêndoas doces, e mantê-las bastante curtas até se verificar uma melhoria.

Unhas descoladas. Em consequência do uso excessivo de endurecedores de unhas contendo formaldeído, a unha pode soltar-se do seu leito. O espaço subungucal pode então infectar, cau­sando descoloração.

Este problema leva bastante tempo a curar, embora seja possível minimiza-lo cortando bem rente a unha afectada.

Unhas picadas. Algumas reentrâncias isoladas nas unhas são vulgares, não constituindo sintoma de qualquer per­turbação de ordem física. O tratamento em casa consiste em manter limpas as unhas afectadas, aplicando-Ihes todas as noites um produto anti-irritante com­posto por glicerina e ácido bórico, mis­turados em casa de acordo com as ins­truções do farmacêutico.

Unhas estriadas. Em consequência de qualquer pequeno ferimento externo ou de pequenos tumores subungueais, podem formar-se ranhuras ou estrias verticais nas unhas. Estas ranhuras podem abrir, causando dor, e infectar se qualquer sujidade penetrar dentro da ferida. Em caso de endurecimento e infla­mação — ou se se formar um quisto —, deve consultar-se o médico.

O tratamento em casa consiste em manter limpa a unha e aparar qualquer porção de unha saliente. Este problema resolve-se com o crescimento das unhas.

Unhas negras. Uma pancada forte pode causar uma hemorragia subun-gueal, que acaba por ficar negra. Se o derrame for extenso, a unha pode cair. A situação normaliza-se com o cresci­mento de nova unha. Se a lesão for muito dolorosa, poderá ser necessário remover cirurgicamente a unha.

Manchas brancas. As pequenas man­chas que surgem nas unhas resultam por vezes de uma pequena lesão, como um ferimento na cutícula. Em determi­nadas pessoas, contudo, surgem espon­taneamente. São inócuas e acabam por desaparecer.


One Response

  1. Ivaniza Viapiana 28 de Setembro de 2012

Adicionar Comentário