Como evitar a Perda de Cabelo!!

Um couro cabeludo perde cerca de 100 cabelos por dia, o que faz parte de um processo normal de crescimento, queda e renovação do cabelo. Uma queda mais intensa pode torná-lo ralo ou conduzir a uma calvície parcial ou total.

A queda de cabelo temporária pode ser devida a muitas causas. Uma carência proteica, provocada por uma dieta deficiente ou uma anemia ferropénica, é uma das causas mais frequentes; nesse caso, uma modificação da dieta, com um aumento do consumo de carne, ovos, cereais e leguminosas, assim como de vitamina C, pode produzir bons resultados (v. ementas, COMO PLANEAR); contudo, se suspeita de que está anémico, deve consultar um médico.

As doenças que são acompanhadas de febre alta são uma outra causa frequente da queda de cabelo, assim como as doenças da pele da cabeça, as radiações e alguns tratamentos medicamentosos, os desequilíbrios hormonais (por exemplo, após o parto)  a aplicação de produtos químicos no cabelo (v. cabelo, coloração do) e as permanentes.

A calvície permanente, parcial ou total, e o rareamento do cabelo são hereditários e atingem sobretudo os homens. Todavia, muitas mulheres na menopausa ficam com o cabelo mais ralo, e esse estado de coisas é permanente. Podem utilizar-se postiços ou cabeleiras para esconder uma calvície permanente — v. caijelo (postiços e CABELEIRAS).

Um outro processo, que consiste em aplicar sobre o couro cabeludo uma rede fina com cabelo postiço, que é depois entretecido com o cabelo natural, pode provocar irritações cutâneas; e essa operação de entretecimento tem de ser repetida ao fim de alguns meses. Os transplantes de pele saudável de outras regiões pilosas do corpo para a zona calva têm obtido um certo êxito, mas os transplantes são dispendiosos, podem dar origem a complicações cirúrgicas e não têm um aspecto natural.

 

 


Adicionar Comentário