Como reparar falhas e riscos na pintura do automóvel

O metal a descoberto exposto ao ar húmido enferruja rapidamente. Torna-se por isso imprescindível retocar as falhas e riscos na pintura da carroçaria de um automóvel tão rapidamente quanto possível, antes que o metal tenha tempo de oxidar. Faça os retoques com tinta do tipo e cor igual à original ou o mais aproximado que conseguir. O retoque pode ser feito directamente sobre a pintura, se o risco ou a falha forem recentes, mas se a chapa estiver exposta, trate o metal com um preparado anti ferrugem e aplique uma camada de aparelho primário antes de pintar.

Retirar tinta Solta

Com uma navalha, raspe a tinta solta e a ferrugem e limpe a área danificada com um pano macio embebido num dissolvente à base de silicone para remover qualquer vestígio de massa ou produto de polimento.

Trate a superfície enferrujada com um produto anti ferrugem especial ou um primário especial com neutralizador de ferrugem. Certifique-se de que o primário escolhido é adequado para a tinta de acabamento final e aplique-o cuidadosamente, de acordo com as instruções do fabricante. Se usar um produto anti ferrugem, cubra a área tratada com aparelho primário especial à base de zinco antes de retocar a pintura.

Aplicar Tinta no Automóvel

Mexa a tinta com um pedaço de arame antes de a usar para que a cor fique homogénea. Com um pincel fino. pinte levemente a área a retocar sem utilizar demasiada tinta e sem dar muitas pinceladas. A tinta nova deve ficar sobreposta à pintura original numa faixa de alguns milímetros para que não se distinga do resto da pintura. Deixe secar e aplique uma segunda de mão.

Espere pelo menos 24 horas antes de aplicar o produto de polimento apropriado.


One Response

  1. Isabel Oliveira 5 de Outubro de 2013

Adicionar Comentário