Como conduzir uma bateira

Embarcações baixas de fundo chato, as bateiras e outras embarcações semelhantes podem encontrar-se em Portugal em muitos rios e águas interiores, sendo ideais para zonas de pouca profundidade e lamaçais. Tipicamente, são barcos de trabalho, mas são por vezes utilizadas por caçadores de espécies aquáticas (patos, narcejas) e podem, inclusivamente, ser usadas para passear.

As bateiras são impulsionadas por meio de uma vara de madeira. Num método simples de fazer avançar a bateira, o remador fica de pé à proa da embarcação e mergulha a vara na água a direito até tocar o fundo. Nessa altura, com a vara bem segura nas mãos, empurra-a com força contra o fundo, ao mesmo tempo que se desloca em direcção à popa, fazendo a bateira avançar por efeito de alavanca. Ao chegar â popa, levanta a vara, leva-a novamente para a proa e repete a manobra.

Existem, no entanto, outros métodos de conduzir bateiras, num dos quais, mais simples, o remador fica na popa ou a meio do barco, virado para a frente, mergulha a vara na água, na vertical ou ligeiramente inclinada para a frente, até bater no fundo e empurra-a em seguida com força para baixo, a fim de impelir a bateira para a frente. À medida que a bateira avança, o remador desloca as mãos até ao topo da vara, imprimindo-lhe então um rápido movimento de torção para a desenterrar do fundo. Reposta a vara na posição vertical, repete a manobra.

Antes de empurrar a vara, o remador deve certificar-se de que a bateira está orientada na direcção pretendida; para manter um rumo certo, deve dar o impulso paralelamente ao eixo longitudinal da embarcação.

Conduz-se a bateira utilizando a vara como leme, arrastando-a atrás da embarcação e niovimcntanclo-a dentro da água para a direita ou para a esquerda, conforme a direcção desejada.


One Response

  1. SOELI 31 de Outubro de 2010

Adicionar Comentário