Combustível, Como poupar!

Conduzirá de uma maneira económica se usar com perícia e sem precipitação o acelerador, as mudanças e os travões. Pense sempre com antecedência, conte com os movimentos dos outros veículos e preveja quando vai ser preciso abrandar ou parar.

Nunca rode a chave da ignição por espaços de tempo muito curtos, pois pode danificar o volante do motor. Ligue-a durante 10 segundos e, se nesse espaço de tempo o motor não pegar, desligue-a e espere 20 segundos antes de tentar de novo. Se a mantiver ligada tempo demais, isso acabará por descarregar a bateria.

No tempo frio, num carro com caixa de velocidades manual sem estrangulador automático, puxe para fora o estrangulador (choke) antes de ligar o motor. Logo que este pegue, arranque e vão empurrando gradualmente o estrangulador para dentro à medida que o motor aquece. Gasta menos gasolina se aquecer o motor em andamento do que com ele parado. Não acelere para aumentar as rotações do motor logo que este pegue e se encontra ainda em ponto morto.

combustivel

Acelere sempre suave e progressivamente e passe para uma mudança mais alta na altura própria. Se o seu carro tiver um conta-rotações, procure mudar de velocidade entre as 2000 e 3000 rpm, a velocidade do motor com que na maior parte dos carros se obtém um bom rendimento.

Se o manual de instruções do seu veículo indicar as velocidades máximas atingíveis em cada mudança, divida ao meio esses números para saber a velocidade de estrada ideal para fazer a mudança. Por exemplo, se a velocidade máxima em terceira é de 80 km/h, mude de segunda para terceira, e vice-versa, a 40 km/h.

Conduzir depressa e economizar combustível são incompatíveis. Um automóvel a 130 km/h pode gastar o dobro da gasolina que gasta a 50 km/h. Para a maior parte dos automóveis, uma velocidade de cruzeiro de 80-90 km/h proporciona o mais vantajoso consumei de gasolina.

Quando se aproximar de uma esquina ou curva apertada, comece a travar bastante tempo antes e depois mude directamente de quarta para segunda imediatamente antes de curvar. Travagens bruscas e mudanças desnecessárias de velocidade servem apenas para desperdiçar gasolina. Mantenha-se em segunda enquanto descreve a curva — não trave nem mude de velocidade enquanto curva — e acelere progressivamente ao sair dela.

Quando subir uma ladeira ou estrada íngreme, não tente manter-se numa velocidade alta tempo demais. Se possível, procure de antemão atingir uma velocidade suficiente para vencer a subida numa mudança baixa e numa velocidade constante. Nunca tente poupar gasolina descendo uma ladeira em ponto morto ou com a ignição desligada — a gasolina que poupa é insignificante e o veículo pode ficar desgovernado.


Adicionar Comentário