Como fazer uma massagem no seu cão ou gato

Passar algum do seu tempo livre na companhia do seu cão ou gato não deve de forma alguma ser uma atividade deixada para segundo plano. Afinal de contas, o seu pequeno companheiro de quatro patas não consegue cuidar de si próprio sem a sua ajuda e carinho. Contudo, se durante a interação com o seu animal de estimação lhe proporcionar uma relaxante massagem, vai-lhe não só estar a dar a atenção e o carinho que necessita, como também lhe proporcionará bem- estar e melhor qualidade de vida. Segundo alguns veterinários, também melhora a força, coordenação e circulação sanguínea, restaurando a sua flexibilidade.

São mais do que razões para dedicar algum tempo a esta atividade e a aprender como fazer uma massagem no seu cão ou gato. Seguem-se alguma dicas simples.

Quando fazer a massagem?

Aproveite as alturas em que está tranquila em casa, no sofá ou a ver televisão para fazer uma massagem relaxante no seu animal de estimação. Durante a massagem o animal vai relaxar e, inclusive, vai poder verificar o seu estado de saúde, pêlo, dentes e outros pormenores que à primeira vista não tem noção com as brincadeiras normais.

Idealmente, proporcionar ao seu cão ou gato uma massagem deve ser sempre uma atividade calma e relaxante para ambos. Portanto, escolha um lugar onde você e o seu animal de estimação se sintam bem confortáveis. No caso de um pequeno cão ou gato o sofá ou a cama podem ser boas opções, mas se o cão é de grandes dimensões ou muito pesado, então o chão pode ser a única solução. Neste caso prefira sempre colocá-lo em cima de um tapete fofo, pois vai proporcionar-lhe maior conforto durante todo o processo.

Técnica de massagem

Antes de começar, certifique-se que tem perto de si os utensílios de higiene do animal, como escovas, toalhetes ou corta unhas, por exemplo. A altura da massagem é uma excelente oportunidade para se dedicar a estas tarefas também, pois o seu animal vai estar mais relaxado e tranquilo. De seguida siga os próximos passos:

  • Convide o animal de estimação a deitar-se, mas não o force. Lembre-se que é uma atividade relaxante para ser apreciada pelos dois e não uma imposição. Se for necessário utilize alguns biscoitos ou um brinquedo favorito para o motivar;
  • Comece por lhe dar alguns mimos e festas, especialmente nas zonas que sabe que ele gosta mais, para que se sinta mais tranquilo;
  • Quando já o sentir mais relaxado e tranquilo, comece a fazer carícias mais longas e com maior pressão das mãos, para que relaxe ainda mais;
  • Se o animal suspirar e esticar-se enquanto está a proceder à passagem e carinhos, então é porque se sente relaxado e confortável;
  • Comece a massagem pela cabeça e faça uma suave pressão com dois ou três dedos, usando movimentos circulares. De seguida faça o mesmo para o resto do corpo do animal. Debaixo das pernas é um ponto sensível, por isto deve ser feito com mais cuidado e suavidade, até chegar debaixo de cada pata.
  • No caso de gatos e pequenos cães opte por fazer movimentos mais suaves. Cães de maiores dimensões vão necessitar de movimentos com maior pressão e mais alargados;
  • Durante a massagem fale suavemente e baixinho com seu cão ou gato, para ajudá-lo a relaxar;
  • Depois de terminada a massagem, recompense-o com uma bela guloseima ou a sua brincadeira favorita.

Se o seu animal de estimação tem alguns problemas de saúde ou pontos mais sensíveis e doloridos deve lidar com essas áreas suavemente. Deixe o animal dizer-lhe se está tudo bem e se pode massagear as áreas em questão. Se ele recua, se afasta as suas mãos, rosna, mia ou mostra desconforto, pare. Se o seu animal de estimação mostra desconforto e você não sabe porque razão, então talvez seja boa ideia leva-lo ao veterinário para aferir a causa.


2 comentários

  1. Rosangela Geralda Drumond 25 de Agosto de 2012
  2. Eliani Gonçalves 3 de Setembro de 2012

Adicionar Comentário