Como escolher um bom veterinário

Uma das decisões mais importantes para quem tem um animal de estimação é escolher um bom veterinário.

Selecionar o veterinário ideal é uma decisão muito pessoal, mas deve ter sempre em conta que este deve oferecer todos os serviços de saúde que garantam ao seu animal bem-estar e uma vida saudável.

A melhor opção é encontrar um bom veterinário o mais cedo possível e não apenas quando o seu animal está realmente doente, pois nessa altura pode ser tarde demais.

Por isso, seguem-se algumas orientações básicas a que deve prestar bastante atenção no momento de escolher o veterinário ideal para o seu pet.

 

 

Uma das formas mais eficazes de encontrar um bom veterinário é através da recomendação de alguém que já conheça e em quem confie, como por exemplo familiares ou amigos que também tenham animais de estimação. Questione-os acerca do veterinário dos seus animais e das condições do consultório que frequentam.

Selecione também algumas clínicas veterinárias na sua área de residência e faça uma visita para conhecer as instalações e os médicos. É recomendado que ligue antes a avisar, pois os médicos veterinários podem ter operações ou consultas agendadas. Estas primeiras visitas vão ser muito úteis para ficar com uma ideia das condições gerais das instalações, dos médicos e da forma como todos os funcionários interagem com os animais e os seus donos.

Como decidir qual é o veterinário ideal?

Aqui fica uma lista de alguns critérios a que deve prestar atenção no momento de decidir pelo veterinário ideal:

  • Marque uma primeira visita à clínica veterinária sem levar o seu animal de estimação, para poder falar tranquilamente com o veterinário e ficar com uma ideia mais concreta das instalações;
  • Durante a visita, preste atenção ao seu redor e procure avaliar se o espaço está limpo, se é moderno e bem organizado;
  • Tente saber qual é o número de veterinários que prestam serviços na clínica. Em alguns casos pode acontecer que os atuais médicos sejam substituídos por colegas em períodos de férias ou outras ausências. Por isso, é importante certificar-se que estes profissionais que os vão substituir também são bons, uma vez que nunca se sabe quando o seu animal pode ficar doente.
  • Analise a relação com o veterinário. É fundamental que se estabeleça empatia e boa comunicação entre si e o veterinário do seu animal de estimação. A interação com o animal também é um ponto a analisar. Ainda que lhe pareça absurdo, alguns veterinários podem não saber criar laços com os seus pacientes ou ter receio de alguns, como é o caso de animais de maior porte ou mais agressivos. Observe se o veterinário se interessa pelo animal, a fim de conhecê-lo melhor e de saber atender à suas características específicas.
  • Verifique se o veterinário está disponível para atender emergências, inclusive, fora do horário comercial.
  • O custo também é um fator importante para determinar qual o veterinário mais indicado para o seu animal de estimação. As consultas podem ser caras, sendo fundamental que determine antecipadamente qual o valor das consultas e restantes serviços médicos.

Adicionar Comentário