Como alimentar um gato bebé

Embora os gatos bebés devam permanecer ao cuidado das suas mães até pelo menos as 8 semanas de vida, por vezes, isso não é possível.

Por isso, se tem um gato bebé (ou recém-nascido) que não pode ser alimentado pela mãe e está com algumas dúvidas ou dificuldades em relação à melhor forma de o alimentar, então siga as nossas próxima orientações.

 

alimentar-gatinho

 

  • Comece por encontrar um bom veterinário, que possa seguir cada etapa de desenvolvimento do gatinho. O veterinário poderá aconselhá-lo de qual a melhor opção de alimentação para o animal e quais os cuidados essenciais a ter e manter durante o seu crescimento.
  • O leite materno é sem dúvida a melhor opção para alimentar um gato bebé, mas já existem outras alternativas também bastante nutritivas e saudáveis à venda. Aconselhamos que adquira um substituto específico ao leite materno (o seu veterinário irá aconselha-lo em relação ao que melhor satisfaz as necessidades do gatinho). Este substituto é essencial nas primeiras semanas de vida do animal, garantindo um crescimento saudável.
  • Adquira também numa loja de animais ou farmácia alguns itens como seringas e biberões para conseguir alimentar o gato bebé. Estes itens devem ser esterilizados previamente a qualquer utilização.
  • Aqueça um pouco o leite (deve ficar morno, não excessivamente quente). Faça como para os bebés humanos e coloque umas gotas no pulso para ter a certeza que está à temperatura adequada. Prepare a fórmula de substituto ao leite materno apenas na altura em que a irá dar ao gato. Não é de todo recomendado que prepare a fórmula com muito tempo de antecedência, pois irá afetar a sua qualidade. Não aconselhamos também que guarde as sobras, nem mesmo no frigorífico. Consulte as quantidades adequadas ao peso e idade do gatinho. (Gatos com 1 a 3 semanas podem digerir até 2 colheres de sopa cheias para cada 113 gramas de peso corporal a cada 2 ou 3 horas)
  • Utilize seringas para alimentar gatos mais novos (recém-nascidos até às 4 semanas) e biberões para gatinhos mais velhos. Tenha sempre o cuidado de verificar se o biberão deixa apenas sair uma ou duas gotas, de modo a que o leite não saia de forma muito gatinhorápida e excessiva.
  • Para facilitar o processo de alimentação, aconselhamos que se sente numa cadeira e que coloque uma toalha sobre o colo. Segure o gato com a cabeça levemente erguida e o estômago apoiado. (Como na imagem) Deixe o gato “mamar” ao seu próprio ritmo e parar quando se sentir cheio, mas sem exageros.
  • Estimule o gatinho a arrotar, segurando-o de costas, enquanto esfrega o estômago com a outra mão.
  • Coloque o gato bebé novamente na cama para que possa descansar.

Adicionar Comentário