Cão barulhento, como acalmá-lo!

É natural que um cão ladre ocasionalmente para alertar — talvez por causa de um som estranho ou passos desconhecidos —, e não se deve reprimi-lo por isso, mas ladrar por tudo e por nada torna se incómodo. Trate de o desabituar rapidamente, pois os maus hábitos são mais fáceis de erradicar num cão ainda jovem do que num mais velho.

Quando o cão começar a ladrar sem motivo aparente e você estiver presente, diga-lhe simplesmente para parar. Não interessa a palavra que usa — «não» serve tão bem como qualquer outra —, mas seja peremptório e use sempre a mesma palavra. Se um «não» convicto não der resultado, repita a palavra e ao mesmo tempo dê um puxão brusco na coleira. Logo que ele deixe de ladrar, elogie-o sem exuberância.

Se um cão ladrar continuamente enquanto você está ausente, acabará por sabê-lo pelos vizinhos. Para evitar situações desagradáveis e queixas à Polícia, deve tomar medidas para o evitar.

Finja que sai de casa e espere que ele comece a ladrar; reentre então sem fazer barulho e apanhe-o em flagrante. Repreenda-o como antes e elogie-o comedida-mente quando ele parar.

Para evitar que o cão se habitue a ladrar quando está sozinho, acostume-o gradualmente a essa situação: saia apenas durante curtos períodos de cada vez. Poderá ajudar deixar um rádio ligado. Em breve, poderá deixá-lo sozinho por períodos mais longos confortavelmente instalado no seu cesto, rodeado por alguns «brinquedos» familiares, como uma bola ou um osso.


Adicionar Comentário