Como escolher, cultivar e tratar Roseiras

Em quase todas as zonas de um jardim podem cultivar-se roseiras, que flores­cem desde a Primavera até aos finais do Outono. Necessitam de solo bem dre­nado, a fim de não ficarem encharcadas em água no entanto, este deve ser rico do ponto de vista orgânico para reter a humidade no Verão — v. prepara­ção do solo.

As roseiras dão-se melhor em solos ricos em húmus profundamente lavra­dos e arenosos; a maioria dá-se bem cm locais soalheiros e abrigados dos ventos mais agrestes.

Roseiras híbridas de chá. Estas rosei­ras têm flores grandes de contornos bem desenhados e um aroma caracterís­tico, florescem sem interrupção todo o Verão, variando a sua altura entre 70 cm e 1,20 m. Deixe um espaço de 60 cm a 1 m entre cada planta.

Roseiras do tipo floribunda: Apre­sentam tufos de flores de Maio até Outubro, atingindo uma altura de 60 cm a 2 m. Deixe um espaço de 60 cm a 1 m entre cada roseira.

Tanto as rosas de chá como as flori-bundas podem ser enxertadas em varie­dades de caules erectos que, de modo geral, atingirão cerca de 1,5 m. Plante deixando um espaço de 1,20 m entre cada roseira.

Roseiras-trepadeiras: São indicadas para muros e cercas; algumas florescem várias vezes por ano entre Maio e Outu­bro. Plante as trepadeiras no Outono, a uma distância de cerca de 2 m umas das outras, em locais soalheiros.

Roseiras híbridas: As suas vistosas flo­res são frequentemente perfumadas. A maior parte atinge uma altura de cerca de 2 m, florescendo algumas várias vezes ao ano. As antigas roseiras de jar­dim (primeiramente designadas por rosas de Portugal) crescem em arbustos altos, apresentando flores grandes e com um aroma característico, tendo uma estação de floração curta. Existem algumas variedades que se cultivam em arbustos, atingindo por vezes 3,5 m de altura.

Como podar correctamente :

Pode drasticamente as híbridas de chá lori-bundas. trepadeiras e roseiras híbridas, ao contrário do que sucede com as roseiras de arbustos e sebes e com as roseiras miniatu­ras, que apenas devem ser podadas ligeira­mente. A poda deve ser feita em Janeiro ou Fevereiro, conforme os climas, antes do inicio do período de crescimento.

Pode até licarem apenas os ramos exteriores e mais fortes. Depois, pode o caule principal, que deve licar apenas com 15 cm de allura. e os outros até metade ou mesmo um terço da altura. Embora a época de floração seja curta, também são apreciadas, pois pos­suem folhagem e frutos atraentes.

Roseiras miniaturas: Raramente cres­cem mais do que 25-30 cm em altura, ficando muito bem em grandes vasos, floreiras ou num rock garden. As que são cultivadas em vasos podem ser tra­zidas para dentro de casa na época de floração, devendo voltar a ser colocadas no exterior mal termine esta época.

Como comprar bem: Pode comprar plantas só com caule e raiz. Escolha as que têm raízes densas e bem desenvol­vidas e caules verdes e vigorosos. As roseiras adquiridas nestas condições devem ser plantadas quando o tempo estiver seco e não haja geadas.

Pode ainda comprar rosas cultivadas em vasos neste caso, deverá adquiri-las entre a Primavera e o Outono, pois nessa altura poderá avaliar o seu estado pelo aspecto das folhas e das flores e plantá-las no jardim no Outono.

Como plantar: Deve adubar e estrumar o solo com pelo menos um mes de antecedência. Antes de plantar uma roseira, aplique um adubo químico na camada superior do solo — v. adubos. Corte os troncos mortos ou estragados, aparando as raízes demasiado longas ou estragadas se adquiriu roseiras só com o caule e raiz. As raízes devem ser mergu­lhadas em água durante aproximada­mente 24 horas antes de serem planta­das,

Abra uma cova suficientemente larga para as raízes e suficientemente funda para que o colo fique mesmo abaixo da superfície.

Deite uma pequena quantidade de turfa, folhas ou composto na cova. Se necessário, coloque um tutor, ou estaca de suporte — v. tutores. Tape a cova com terra, calque-a e regue bem. Se o tempo estiver frio, cubra o solo cm volta da planta com palha ou jornais.

Como cuidar das roseiras: Todas as roseiras têm de ser podadas uma vez por ano. Retire as flores das roseiras que florescem várias vezes ao ano logo que estas murchem para estimular o crescimento de novas flores.

Pode as roseiras como se mostra na figura. Aplique um adubo adequado quando sachar a terra entre Abril e Julho. Aplique ainda cinzas de madeira ou sulfato de potássio durante o mês de Setembro.

No mês de Abril, aplique uma camada de turfa ou composto para reter a água e evitar o crescimento de ervas dani­nhas. Regue bem as plantas que se encontram em locais mais secos, em especial as plantas novas e as que se encontrem perto dos muros. Arranque as ervas daninhas e sache regularmente os canteiros durante o Verão — v. ervas daninhas.

Como combater as doenças. Aplique regularmente um insecticida sistémico entre Abril e meados de Outubro — v. pesticidas. A partir de Maio. aplique periodicamente um fungicida sistémico para combater as doenças provocadas por fungos. Retire quaisquer folhas infestadas com lagartas, cochonilhas ou aranhiços-vermelhos.


7 comentários

  1. Ana Paula 1 de Julho de 2012
  2. Élio Antonio Camargo 21 de Agosto de 2012
  3. Antonio Marques 12 de Dezembro de 2012
    • António Pina Ferreira 16 de Dezembro de 2012
  4. Patricia Augusto 21 de Dezembro de 2012
  5. Mina Rebelo Santos 2 de Julho de 2013
  6. Lívia Maciel 12 de Junho de 2015

Adicionar Comentário