Como fazer a manutenção de plainas

Existe uma larga gama de plainas para madeira adequadas aos mais diversos trabalhos, mas para fins generalizados bastam apenas dois tipos: o rabote, também denominado desbastadora ou meia-garlopa, e a plaina de topos. O rabote mede 35-40 cm de comprimento, possuindo um ferro de 6 cm de largura. É suficientemente comprido para ser utilizado em quase todas as superfícies de madeira. A plaina de topos utiliza-se para pequenos trabalhos e para acertar topos. Mede 9-20 cm de comprimento e tem uma lâmina de 2,5 – 4 cm de largura. Existe ainda uma plaina muito útil para abrir sulcos ou ranhuras (envazamentos) de profundidade uniforme e que se designa por esgache, ou dente de velha.

Como ajustar uma plaina

Tanto no rabote como na plaina de topos, a profundidade de corte é regulada através de uma porca de ajuste colocada por detrás do ferro. Uma alavanca ajusta o alinhamento lateral do ferro, a fim de que este não corte mais fundo de um lado do que do outro. Vire a plaina ao contrário, olhe ao longo da face e alinhe a beira do ferro com o auxílio da alavanca; a seguir, regule a profundidade do corte. O ferro está aparafusado a uma placa de aço que se designa por contraferro e cuja extremidade arredondada fica ligeiramente recuada em relação ao gume do ferro para quebrar e virar as aparas de madeira. A sua posição ajusta-se graças a uma ranhura existente; o contra-ferro deve ser colocado de forma que as aparas saiam enroladas para a frente. Para ajustar o contraferro, utilize uma chave de parafusos.

Como afiar o ferro

Os ferros das plainas afiam-se da mesma maneira que as lâminas dos formões algumas plainas modernas estão equipadas com ferros que se deitam fora quando estão rombos.

Plainas eléctricas

Para trabalhos de maior dimensão, uma plaina eléctrica torna o trabalho de aplainar muito menos árduo. Uma lâmina rotativa corta as fibras da madeira a uma velocidade muito elevada; pode utilizar-se para cortar madeira transversalmente ao e contra o veio da madeira.

ATENÇÃO: Devem tomar-se as seguintes precauções quando se utiliza uma plaina eléctrica:

  • Certifique-se de que a peça está bem presa num torno.
  • Mantenha sempre as mãos sobre a plaina e nunca meta os dedos sob a superfície a cortar para a guiar.
  • Nunca pouse a plaina após o trabalho sem que o motor esteja completamente parado.
  • Acerte sempre a profundidade de corte antes de ligar a plaina, e só quando esta atingir o máximo da velocidade deverá começar a cortar.

Adicionar Comentário