Como cultivar Zebrina

As plantas da única espécie de zebrina vulgarmente cultivada no interior são de crescimento rápido e muito decorati­vas, particularmente em cestos suspen­sos. Estas plantas rastejantes apresentam folhas ovais de cerca de 5 cm de com­primento, com a página superior irides­cente e a inferior de um intenso tom de púrpura.

Cuidados. Mantenha estas plantas sem­pre em luz forte para obter uma vegeta­ção densa e folhas de cores vivas. As plantas podem ser cultivadas a pouca distância de uma janela soalheira sem que a cor das folhas seja muito afec­tada; porém, tornar-se-ão estioladas e as cores das folhas esbatidas se essa dis­tância aumentar muito.

As zebrinas apreciam um relativo calor e humidade, mas toleram tempera­turas mais baixas até 13°C. Em condi­ções frescas, o desenvolvimento é muito lento.

Regue moderadamente as plantas em crescimento activo, deixando secar o centímetro superior da mistura entre duas regas. Durante o período de repouso, regue apenas o indispensável para humedecer ligeiramente a mistura, deixando secar a metade superior antes de regar de novo. As zebrinas cultivadas em condições um pouco secas apresen­tam a melhor coloração.

Aplique um vulgar adubo líquido de duas em duas semanas âs plantas em crescimento.

Para envasar ou reenvasar, use uma mistura à base de terra. Mude as zebri­nas para vasos do tamanho acima sem­pre que as raízes encherem o vaso. Para obter um arranjo mais denso, plante num cesto suspenso 12 a 15 estacas enraizadas.

Propague esta planta por estacas de ponta de 8 cm de comprimento obtidas na Primavera ou no início do Verão; enraizarão facilmente numa mistura composta por partes iguais de turfa e areia. Mantenha as estacas em sol directo velado, regando-as apenas o indispensável para humedecer ligeira­mente a mistura, c as raízes formarseão dentro de três a quatro semanas; coloque quatro a seis estacas enraizadas no mesmo vaso de 8 cm contendo a mistura recomendada para zebrinas adultas e trate-as como tal.

Como alternativa, enraíze as estacas de ponta em água. Coloque-as num recipiente de vidro — opaco de prefe­rência — com água e mantenha-as em sol directo velado. Dentro de duas a três semanas terão produzido raízes, podendo então ser envasadas na mis­tura para espécimes adultos e tratadas como tal.


Adicionar Comentário